Seguidores

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

A MÁQUINA DO TEMPO (Dual Áudio / 1080p) – 1960

Final do século XIX. George (Rod Taylor) é um cientista que, cansado da ignorância de seu tempo, decide construir uma máquina do tempo. Ele sonha em conhecer o futuro, onde acredita que encontrará a paz entre os homens. Porém, ao conseguir realizar a viagem, George se surpreende com o que encontra. A raça humana está dividida em duas, sendo que na superfície as pessoas são pacíficas e nos subterrâneos elas são deformadas e canibais. Para retornar à sua época George precisa ir até os subterrâneos, já que sua máquina do tempo está com o povo que lá vive
- Paul Scofield era a 1ª escolha do diretor George Pal para o personagem George.
- A lava vulcânica que aparece nos subterrâneos foi feita com base em mingau de aveia, sendo adicionados corantes vermelho e laranja.
- A cantora Peggy Lee compôs uma música para o filme, chamada “The Land of the Leal”, que não foi usada em sua versão final.
- O diretor George Pal era grande amigo do animador Walter Lantz, criador do personagem Pica-Pau, desde que ele o ajudou em Destination Moon (1950). Como uma espécie de tributo, Pal passou a incluir em seus demais filmes referências ao personagem Pica-Pau. Em A Máquina do Tempo é possível ouvir a risada típica do personagem em algumas cenas.
- Yvette Mimieux completou 18 anos durante as filmagens de A Máquina do Tempo. Devido à sua idade ela não poderia trabalhar durante todo o período das filmagens, mas foi isto que aconteceu.
- Quando George chega ao ano 802701 a máquina do tempo marca a data de 12 de outubro. Trata-se de uma referência à data em que Cristóvão Colombo descobriu a América.
- Numa placa no painel de controle da máquina do tempo pode ser lido “manufactured by H. George Wells (traduzindo, “produzido por H. George Wells”). Trata-se de uma homenagem ao autor do livro o qual A Máquina do Tempo é baseado.
- Durante muitos anos George Pal planejou a realização de uma sequência para este filme. Entretanto a MGM sempre recusou os projetos de roteiro que apresentava.
- Refilmado como A Máquina do Tempo (2002).
- Alan Young é o único ator a estar presente nas duas versões de cinema já lançadas do livro de H.G. Wells.
- Vencedor do OSCAR (1961) por Melhores Efeitos Especiais.


https://binbox.io/BAC3D#CS2A1K2K 7158 ***
29 08 2015